• contato@tecnocorp.com.br
  • 11 4623-1203 I 11 2809-5489

busca

10 dicas de especialistas para criar um maravilhoso conteúdo de e-mail


Não há nada como olhar para um modelo de e-mail em branco para fazer você querer procrastinar com alguns vídeos de gato. Praticamente todas as empresas usa algum tipo de e-mail marketing.
Pense na última vez que você deu uma olhada na sua guia promoções no Gmail. Quantos e-mails você clicou um? Cinco? Nenhum?

Se você clicou em alguns, quantos você realmente leu? Agora vamos dar um passo além, desses quantos fizeram você realmente clicar no link?

Se você é como a maioria das pessoas, o seu nível de engajamento vai caindo a cada passo. Assim você pode até abrir 10 e-mails, ler três, e clicar em um ou dois links. Em seguida o restante dos 150 e-mails marketing na sua caixa de entrada, provavelmente vai definhar lá por alguns dias ou semanas antes de serem enviados diretamente para a lixeira.

Na verdade, a taxa de geral de aberturas de e-mails entre as empresas que enviam entre 16 a 30 campanhas de e-mails por mês, varia entre 6,3% a 7%, de acordo com a pesquisa realizada pela Hubspot.

Embora possa parecer um número baixo, não é ruim para usar como referência. Além disso, o importante não focar no número de aberturas ou taxa de cliques, mas em como fazer essas taxas crescerem ao longo do tempo.

Então como você pode fazer isso? Como você pode criar conteúdo de e-mail que realmente seja interessante para os usuários, ao ponto que faça eles quererem abrir, ler e talvez clicar em um ou dois dos seus links?

1. Aprimore seus assuntos de e-mails.


A importância dos assuntos é algo que sempre vêm sendo enfatizado. O que era verdade em 2008 permanece em grande parte verdade hoje. O assunto do seu e-mail precisa ser curto, conciso e altamente específico.
Deixe as pessoas saberem o que eles estão recebendo quando abrirem o seu e-mail.

Vamos fazer um pequeno teste. Digamos que você é um varejista anunciando uma grande oferta. Você pode dizer "Grande oferta até a próxima semana!" Com isso provavelmente você vai obter uma boa taxa de abertura.

Mas, se ao invés disso o assunto que você lê "Elegantes formas para assar com 40% de desconto até a próxima terça-feira"? É a maneira mais específica, e vai dar-lhe uma taxa de abertura muito melhor - e, provavelmente, mais click e uma maior taxa de conversão também.
Isso porque a expressão "Grande Oferta" no assunto tem como alvo pessoas que adoram fazer compras - pessoas para as quais a simples palavra "Oferta" pode seduzi-los dar uma olhada em seu e-mail. Entretanto alguns deles irão estar interessados nas formas para assar que estão à venda, e outros não.

No assunto que temos "elegantes formas de assar", por outro lado, tem como alvo as pessoas que, em primeiro lugar, gostam de cozinhar e, em segundo, têm certo senso estético moderno. Ao enfatizar apenas o fato de que você está fazendo uma oferta, você vai perder muitos desses entusiastas culinários, que podem não estar pensando em gastar dinheiro no momento e, portanto enviar um e-mail somente com a palavra oferta de forma genérica. Que pode chegar junto com uma tonelada de outros e-mails com mesmo assunto de vendas genéricas vai acabar indo direto para o lixo.

2. Mantenha o assunto curto e direto ao ponto.


Não importa quão grande o seu conteúdo é, os leitores têm uma quantidade limitada de tempo que eles estão dispostos a gastar com os seus e-mails.

Esse montante será diferente, é claro, com base no tipo de e-mails que eles estão lendo. Se for um e-mail segmentado, com um objetivo único, e/ou finalidade específica, como a divulgação de uma nova linha de produtos ou de um evento específico - Você precisa dizer o que precisa em poucas palavras e de preferência com uma ou duas imagens.

Veja este e-mail de um serviço de entrega de produtos orgânicos:

A oferta é clara e simples, há uma imagem grande, apelando, e não há links ou blocos de textos relevantes para dificultarem a mensagem.

Quando você está escrevendo um boletim informativo, você tem um pouco mais de opção, tanto quanto ao tamanho, formato e movimento. Você precisa saber tudo sobre a sua audiência: você está escrevendo para os intelectuais e líderes que querem um mergulho profundo em seus temas a cada mês? Ou você está alvejando executivos ocupados que querem ser capaz de conseguir o que eles precisam de você com leituras rápidas e seções curtas?

(faz referência ao site original do texto) Para nós do Marketing Zen, é o último. A nossa newsletter sai para os profissionais de marketing e executivos de nível C de várias indústrias. E é por isso que nós quebramos nosso boletim informativo em seções curtas, de fácil digestão e incluímos links para os nossos posts inteiros e mais conteúdo - como este:

3. Mantenha um tom de diálogo e autenticidade.


Não coloque sua voz esnobe de empresário quando você for escrever o conteúdo de suas campanhas de e-mail. Você quer soar natural e amigável quanto possível, mantendo assim o profissionalismo e autoridade.

Em dias em que a personalização é cada dia maior, nenhum leitor quer se sentir como se ele fosse apenas, um das centenas de pessoas que leem o mesmo e-mail - embora ele saiba disso (ou possivelmente um dos milhares, dependendo do tamanho da sua base de contatos.)
Dê uma olhada neste newsletter da nossa CEO, Shama Hyder:

Há uma amigável saudação informal, um simples comentário sobre o que ela está pensando ultimamente, e uma breve introdução para o conteúdo do newsletter. Não há jargões, nenhuma palavra técnica, e sem palavreado florido.

4. Esteja bem em dar mais do que você vai receber, pelo menos no início.


Ninguém gosta de ser vendido para, assim que olhar para as suas campanhas de e-mail como uma forma de manter contato com seus clientes e nutrir essas relações, e não como uma maneira de vender para eles. Que coisas únicas que você tem para lhes oferecer?

Ninguém gosta que vendessem coisas a elas, assim olhe para as suas campanhas de e-mails como uma forma de manter contato com os seus clientes e nutrir essas relações, e não somente uma maneira de vender algo a eles. Que coisas únicas você tem para oferecer a eles?
Você tem uma perspectiva diferente sobre as pesquisas mais recentes em sua indústria? Compartilhe com a sua lista através de um e-mail segmentado.

Você tem uma imagem engraçada ou uma história para compartilhar que possa alegrar o dia das pessoas? Inclua isso em sua próxima newsletter.

Embora talvez você ainda não possa abandonar a última gota de autopromoção, certamente você pode direcionar seus e-mails mais para a educação e em compartilhar informação. Isso pode trazer maiores dividendos ao longo prazo. Você não só vai ganhar mais seguidores desta maneira, mas você também é mais propenso a manter os que você já tem.

5. Seja cauteloso sobre o que você inclui em suas newsletters.


Uma maneira fácil de perder leitores é para confundi-los com pedaços aleatórios de informações todos espremidos em um único e-mail.

Muitas vezes você vai ver isso com as grandes empresas que querem usar um único boletim de notícias para cobrir cada parte do seu negócio. Esta não é uma ideia tão grande.

Muitas vezes você vai ver isso em grandes empresas que querem usar um único informativo de notícias para cobrir cada área do seu negócio. Está não é uma boa ideia.

Não só irá resultar em informativos mais longos, que terão menor chance de serem lidos, mas também significa que a cada semana ou mês, uma boa quantidade de informações que você incluir passará a ser irrelevante para muitos dos seus assinantes. Com isso ao longo do tempo esses assinantes perderam o interesse no que você tem a dizer.

Em vez disso, concentre o seu informativo de notícias em uma área do que você faz. Se você precisa cobrir vários temas diferentes em uma base regular de assinantes, crie newsletters segmentadas para cada tema específico - um para notícias de marketing, outra para atualizações de produtos, etc.

TechCrunch fez um excelente trabalho com este, segmentado seu único informativo semanal em sete diferentes informativos semanais a um ano atrás.

6. Conheça o seu público.


Como conhecer bem o seu público de e-mail? Por exemplo, um dos nossos clientes, é a EyeCare de 2020 é um oftalmologista de Nova Jersey especializada em LASIK e cirurgia de catarata.

Para um negócio como este, é bastante fácil de distinguir quem é o público. Eles são principalmente moradores de New Jersey, e muitos deles são pacientes atuais que já fizeram algum tipo de cirurgia ocular na EyeCare. Outros segmentos de público são os potenciais pacientes - pessoas que vivem perto o suficiente para obter cuidados na EyeCare 2020 - e as pessoas que querem aprender mais sobre os problemas oculares específicos, mas não vivem perto do consultório.

Para empresas que tem um público alvo variado ou mais abrangente, pode se levar algum tempo para descobrir, como escrever para cada uma delas, mas são para isso que as ferramentas de análises são feitas.

Verifique as estatísticas do seu e-mail com frequência e observe quais e-mails estão se saindo melhor do que os outros. Assim, essa é a parte mais interessante a ser levada em consideração e agir conforme esses dados.

7. Tenha um call-to-action (botão ou frase que incentivam o usuário a fazer uma ação) simples e óbvio.


Call-to-Actions são uma parte importante para qualquer campanha de e-mail, mas o seu grau de importância pode variar de acordo com o tipo de e-mail que você está enviando.

Se for um e-mail transacional, por exemplo - que é automaticamente acionado quando um usuário realiza uma ação específica - a call-to-action poderia ser todo o e-mail. Digamos que um usuário abandona seu carrinho de compras em sua loja virtual. Você poderia criar um e-mail automático que vai para esse usuário para lembrá-los sobre o que ele deixou para trás.

Em um informativo ou um e-mail promocional, no entanto, você pode ter várias call-to-actions. Talvez você esteja anunciando um Workshop online e quer que as pessoas se inscrevam. Você também tem um novo relatório e alguns novos posts para compartilhar.

Em vez de dar a cada uma destas call-to-action o mesmo peso, o que pode resultar em uma sensação desorganização, foque em apenas uma. Dê uma olhada neste informativo do The Bitter Southerner, uma literária online e publicação sobre folclore.



Em cima e no centro está um link para uma de suas novas histórias, com um design que o diferencia do resto do informativo e o faz sobressair. Note também, que esta história grátis para a leitura, está logo antes do link que leva para a loja, onde você pode pagar por alguma coisa. Ou seja, primeira informação e depois a promoção.

8. Menos, quase sempre é mais.


Se você é um fã de William Faulkner - ou Allen Ginsberg, ou Eudora Welty, ou qualquer um dos vários outros grandes autores a quem esta citação foi atribuída - você deve conhecer esta citação sobre a escrita: "Ao escrever, você deve matar seus queridinhos." Em outras palavras, a fim de ser um escritor forte e eficaz, você deve ser capaz de editar-se impiedosamente.

Ao unir suas campanhas de e-mail, haverá sempre elementos que devem ser cortadas, não importa o quanto você queira mantê-los. Isso poderia ser algo tão pequeno como de uma frase que você coloca uma tonelada de pensamento, mas que simplesmente não está funcionando. Ou pode significar a exclusão de uma seção inteira porque o e-mail está ficando muito longo.

Seja como for, você sempre terá a oportunidade de destacar um novo post no blog, um evento ou o relatório que não coube no e-mail dessa vez.

9. Não considere seus leitores como certos.


Talvez você esteja fazendo um trabalho incrível com suas campanhas de e-mail. Suas taxas de abertura são consistentemente altas, suas taxas de cliques continuam crescendo, e você sente como não estivesse fazendo um bom trabalho com e-mail.
Este é o caso de muitos de nossos clientes, que já são bem sucedidos, mas querem levar esse sucesso para o próximo nível.

É importante lembrar que não importa quão leal que os seus seguidores pareçam ser, você tem que continuar a ganhar seu tempo e confiança. Há sempre espaço para melhorias, portanto, não se acomode.

Existem centenas de outros e-mails que disputam a atenção dos seus leitores cada vez que eles abrem suas caixas de entrada. O seu tem que se manter oferecendo algo especial, para que continuem abri-lo.

 

10. Lembre-se que cada e-mail é uma oportunidade para fortalecer o seu relacionamento com seus leitores.
Seus leitores são indivíduos, e eles têm as suas próprias razões pessoais para ter interesse na sua empresa.

Claro, cada pessoa faz parte de um dos seus dados demográficos alvos - mães de crianças pequenas, ou cidade, Millennials - mas a sua relação com o seu negócio é único. Se você pode se concentrar em cultivar essas relações, seus e-mails automaticamente se tornarão mais atraente e finalmente proporcionarão um ROI mais alto.

 

 


O que Fazemos
Estamos voltados diretamente para a criação e desenvolvimento de soluções inovadoras, resultando em trabalhos sempre com muita qualidade, criatividade, originalidade e competência.
Suporte em TI
Possuímos profissionais especialistas em infraestrutura de rede, cabeamento, servidores, desktops e workstation.
Trabalhamos com atendimentos nas mais diversas plataformas.
Endereço
Tecnocorp Tecnologia
Rua Salem Bechara, 215 Sala 01
Osasco Centro - CEP 06018-180
Tel: 11 4623-1203 I 11 2809-5489
DMC Firewall is a Joomla Security extension!